11 de jun de 2012

O martelo

Olá pessoas.
Sempre gostei de poesia e na época de colégio era comum eu rabiscar alguns poemas bobinhos. Se tiver tempo vou procurá-los e postarei por aqui. Mas como ainda não tive tempo de fazê-lo resolvi escrever algumas linhas bem rapidinho.
Samy ;)


Bate o martelo, toc toc.
Não tenho martelo
Nem ninguém para segurar os pregos

Não me dou por vencida
Empurro o prego na madeira, giro o prego e até bato com a mão
Tudo que consigo é uma mão dolorida e muitas farpas

Passam pessoas, 
Elas comentam que é muito estúpido usar a mão
Mas e o martelo?

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...