21 de out de 2013

Alguns fatores das cores

Minha vida sempre vai ser assim com constantes paradas e recomeços, então acostumem-se com as ausências e constâncias de postagem. Mas vamos voltar de onde parei.

A última coisa que estava super animada para escrever aqui era sobre um evento que cobri com o Soterogeeks. Mas eu estava doente e tudo estava cinza. Por isso, a ausência de pôneis cor de rosa e arco-íris meio que fez perder o sentido do post.


Mesmo amando tudo isso e vendo potencial, ainda estou na dúvida se as cores fugiram de verdade ou se é a gripe que deixou de presente um filtro grey. Acho que tem muita coisa influenciando a fuga das cores, principalmente falta de tempo (fator 1).

Essa semana fui a outra gravação e puder notar que a teoria da falta de cores é falha e meio que pontual (e talvez meio sem fundamento). Foi bom e eu senti de novo aquele "eu gosto muito de fazer isso", mas a ansiedade de poder produzir algo melhor me frusta por completo (fator 2).

Dessa vez fui designada não apenas ao áudio, mas para agilizar a edição, já que estamos com excesso de trabalho. Confesso que está sendo um processo no mínimo delicado. Não gosto de absolutamente nada. Toda vez que pego pra editar odeio tudo que aparece na tela. Acho que estou sofrendo de síndrome do não sou capaz de fazer algo bom de verdade (fator 3).

No meio disso tudo tem medo. De tudo e de todos, de que dê certo e de que dê errado, medo da possível mudança que tanto espero e que me paralisa (fator 4). Já contei a vocês que sou super medrosa?


Esse texto ficou literal e subjetivo ao mesmo tempo. Ou seja, ficou doido. Mas, já é alguma coisa para voltar a atualizar aqui. Não espero que entendam, mas se ocorrer, bem vindo ao grupo dos doidos que se entendem! :)



0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...