12 de fev de 2014

Como parar o turbilhão da minha mente



Recentemente eu escrevi esse post aqui sobre como eu sou agitada e preciso ter momentos mais calmos na minha vida.
Eu queria ser uma pessoa mais zen, mas eu só sei ser agitada, mesmo estando calada estou a mil. Quem sabe um dia. Mas enquanto eu não sou, vamos dando pequenos períodos de descanso para tentar otimizar a vida.

Continuando essa temática eu resolvi contar para vocês os artifícios que utilizo para tentar parar o turbilhão da minha mente.

1- Respirar. Parece bobo mas respirar fundo repetidas vezes é um santo remédio. Quando eu estou nervosa é ótimo para que eu consiga dominar um pouco do nervosismo e não pareça muito estranha. A verdade é que respirar é algo tão natural a gente não reparar em como estamos fazendo isso. Existem várias técnicas que trabalham a respiração para nos auxiliar a ter uma vida melhor. Então encha os pulmões e continue lendo (mas não se esqueça de expirar rsrs);

2- Fechar os olhos. Manter os olhos fechados por alguns minutos faz com que eu tire o foco das coisas ao redor e perceba mais o meu corpo. Como estou me sentindo, como estou respirando, etc. A falta de estímulos visuais relaxa a minha mente e faz com eu consiga me concentrar.

3- Ver o mundo ao redor. Depois de focar um pouco em mim e ir me acalmando eu gosto de desanuviar a mente vendo as coisas a minha volta. Eu gosto muito de relaxar no fim do dia indo para um parque ou uma praça e olhando as pessoas interagindo, sentir a brisa, sentar na grama, etc. Uma das coisas que mais tenho vontade de fazer, mas me falta tempo é ir a praia e ver o por sol. É engraçado como fazer essas coisas me faz pensar sobre a vastidão do mundo e a imensa gama de possibilidades que ele nos proporciona.

4- Quando estou sem tempo de ir a qualquer lugar gosto de tentar meditar e para isso uso o auxílio de um aplicativo que tem no meu celular chamado "Calm" em que, resumidamente, você escolhe quanto tempo tem disponível e fica ouvindo o som do mar, podendo fazer uma meditação guiada (uma mulher fica dando instruções) ou livre só com o som de fundo.

Basicamente, quando minha mente está muito cheia primeiro eu procuro me auto-analisar e entender o porquê ela está assim tão caótica e o que eu posso fazer em mim para mudar isso. Depois tento tirar o foco de mim e analisar o mundo e como ele me afeta.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...