29 de jan de 2015

Meditação no meu dia-a-dia


Apesar de usar bastante a meditação em momentos críticos de ansiedade e angústia, venho tentando aplicar a meditação no meu dia-a-dia. A meditação me proporciona um equilíbrio que me ajuda a manter o foco nas tarefas e a ser uma pessoa mais calma e paciente.

Gosto de meditar em um ambiente calmo, onde sei que não vão ficar me importunando. Por isso, tenho tentado acordar cedo e ir para o gramado na frente da minha casa. Gosto de praticar de manhã cedo por que o sol é mais fraco e gosto de sentir os raios na minha pele sem ter a sensação de estar torrando. Além do mais um banho de sol é ótimo para manter o níveis de vitamina D. 

Por viver em uma cidade rodeada de concreto, gosto de ter contato  com a natureza através da grama, do sol, da brisa e dos passarinhos que ficam cantando pela manhã. É meio que uma forma de equilibrar esse aspecto na minha vida também. Ter esse momento no gramado faz eu me sentir muito grata pela minha vida. 

Eu gosto de sentar com as pernas cruzadas (gosto de deitar também, mas é um pulo para dormir), fechar os olhos e focar na minha respiração. Às vezes faço meditação guiada, que é a minha preferida, outras vezes apenas coloco uma música relaxante e faço minhas respirações. Depois da meditação, gosto de ficar um pouquinho mais no gramado pensando sobre a vida, com pensamentos positivos e coisas que sou grata.

Quando viajei, não tinha o gramado mas ficava na varanda sentada no chão com as costas encostadas na parede. O sol era a minha única ligação com a natureza, mas era suficiente.

A minha meditação nem sempre é diária, mas é um hábito que estou desenvolvendo e que vem me ajudando bastante. E você, como pratica a meditação?

Esse post faz parte da Série Bem-Estar. Para conferir os outros posts da serie basta clicar aqui.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...