12 de mar de 2015

Lente 50mm - 101 em 101



Ah tão querida e desejada 50mm. Para ser bem sincera eu entendo pouco a respeito de lentes, mas sempre soube que queria a 50mm. O amor era tão grande com tudo que eu via que era feito com essa lente que além de estar na minha lista de 101 coisas para fazer em 1001 dias (saiba mais aqui) ela também estava na minha wishlist tecnológica.


Imagem feita com a 50mm  
Esse aniversário (foi 01/03) eu resolvi me dar de presente e não me arrependo! Ela é uma lente super pequenina e fica muito fofinha câmera. Por ser bem compacta ele é deixa o set up (câmera e lente) muito mais agradável de ser usar. Como lentes são cara e eu ainda não sou nem semi-rica (como diria uma amiga minha) comprei a versão 1.8 que é mais barata (como tudo que compro, comprei no Mercado Livre e me custou R$369,90), logo de um material de plástico que não parece tão resistente (então tenha um cuidado extra!).


Imagem feita com a 50mm sem iluminação artificial

Mesmo sabendo previamente que ela não tem zoom, foi automático eu querer girar o anel para afastar a imagem. Não sei como chama isso tecnicamente, mas essa lente dá a sensação que está tudo muito perto, então você precisa tomar uma certa distância para ficar tudo dentro do quadro.

O que eu mais amo nessa lente é o fato dela proporcionar um desfoque lindo do fundo, que dá uma atenção principal ao motivo da imagem, e também dela ser uma lente clara (imagina então a 1.4 ou 1.2 então!). Eu nunca entendia muito bem quando as pessoas falava de uma lente ser clara (e posso estar falando besteira aqui, mas como esse blog é para falar sobre as minhas experiências e não dar um conteúdo técnico sobre as coisas relevem), mas antes com a minha 18-55mm eu sentia a eterna necessidade de usar meu softbox para iluminar a cena e com a 50mm muitas vezes eu consigo dispensar o uso de iluminação artificial. 

Outra coisa que achei bem eficiente e que deixou todo mundo que viu a danada em ação com cara de UAU foi o auto-foco. É tão legal vem o anel se mexendo sozinho. Uma coisa que notei, e poderia ser um problema caso eu não fizesse a captação do áudio de maneira separada, foi que o auto-foco faz barulho, você consegue ouvir o motorzinho funcionando e com certeza é ruído vai ser audível em suas gravações se você utilizar o microfone da câmera. Felizmente isso não é um problema para mim.




P.s.: Esta foi uma das metas que cumpri no projeto 101 em 100. Para conhecer o projeto e ver todas as metas basta clicar aqui.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...