20 de ago de 2015

Pedra e wow

Outro dia mozi me passou um vídeo desses de reflexão filosófica (ele sabe que sou dessas! kk). De início o narrador fala que foi para Chernobyl - que está desabitada desde a explosão nuclear - e não sabia o que esperar. Ele comenta que os trabalhadores não podem ficar lá por mais de duas semana e não é por que os níveis de radiação estejam muito alto, mas por motivos psicológicos. Você pode começar a ter pensamentos estranhos depois de tanto tempo num lugar como esse. O narrador continua dizendo que ficou lá por 4 dias e começou a pensar sobre pedras.

A partir daí o cara faz um raciocínio 'mó viagem' sobre pedras e como elas são permanentes num escala da vida humana e como usamos pedras nas coisas por que ela tem essa ideia de solidez e durabilidade e como nós passamos a nos identificar com as pedras.

Eu adoro quando você pega um assunto que talvez seja completamente banal, e que as pessoas no geral nunca teriam pensamentos filosóficos a respeito, e divaga. Mas mesmo achando que o cara fumou umas pedras (sacou a piada?) para começar e continuar todo esse raciocínio, eu fui ouvindo e achando apenas: ok, doido, mas legal. Até que no final ele diz o seguinte:
"We may have no meaning in the cosmic context of the universe, but we make are own meaning daily with each other. And this is the thought that leads to action. Your days are numbered, you don't know what that number is, but it's finite. So get busy with what it is you want to do. Time is running out" - Veritasium
Uma tradução livre feita pela minha pessoa para os que ainda não aprenderam inglês (e estão perdendo um vasto e valoroso conteúdo legal na internet por isso) seria: 

Nós podemos não ter nenhum significado nesse contexto cósmico do universo, mas nós fazemos nosso próprio significado diariamente uns com os outros. E esse é o pensamento leva a ação. Seus dias são numerados, você não sabe até que número vai, mas tem fim. Então, se ocupe com o que você quer fazer. O tempo está acabando.

Wow. Foi tudo que eu disse.

Tá aí o vídeo pra quem quiser ver, obviamente tá em inglês (caso contrário eu seria muito babaca em escrever em inglês e traduzir apenas por que a constituição me permite). Se você fizer wow me conta nos comentários.




0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...