8 de jan de 2016

Ladeiras, a terceira pedalada


Ladeiras. Ladeiras por todos os lados. Isso resume a minha terceira pedalada.

Antes de começar a saga dessa pedalada, eu acho legal explicar aqui que estou curtindo muito todo esse processo de registrar as coisas que venho aprendendo e as experiências que venho tendo, mas fico pensando que depois de algum tempo não tem muita coisa nova para aprender. Experiências podem aparecer, mas devem virar anedotas aqui no blog. Então, pretendo finalizar essa série "A pedalada" no número 5 ou 10, ainda não decidi. Mas vamos ao que interessa.

Foi uma pedalada de rápida, mas foi intensa. Foram cerca de 15 minutos pedalando em uma região que tem várias ladeiras. Não eram ladeiras íngremes ou longas, longe disso. Ainda não estou preparada para forçar tanto as minhas pernocas. A prova disso é que cheguei em casa morrendo com as leves ladeiras que encontrei no meio do caminho.

Andei cerca de 2,5 km e pude notar algumas coisas. O selim incomoda. Não sei se é a minha bike, se tem alguma configuração específica para ele, se é por que estou começando, mas o bicho incomoda.

Notei também que a bike tem feito um barulho estranho. Achei que poderia ser as correntes sem óleo, mas cheguei em casa e constatei que não era esse o problema. A coisa chata é que só percebo quando estou andando, então ou eu bem ando ou eu bem paro para olhar as rodas, correias e etc, o que dificulta eu descobrir qual é o problema.

Por fim, reparei que tem momentos que eu não consigo controlar a bike quando estou andando. Não sei é por que eu não estou adaptada a bicicleta completamente, mas quando ela está na marcha menor eu fico achando muito leve e difícil de controlar e segundo quando eu paro de pedalar e bike continua em movimento, retomar o controle com os pedais é quase impossível. A sensação é que as rodas controlam os pedais e não vice e versa. Minha tática é ficar trocando de marcha. Não o que acontece mas quando troco a marcha consigo ter domínio novamente do pedais. Mais uma vez não tem como olhar a bike e pedalar pra ver o acontece. Aguardemos as cenas do próximo capítulo.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...