25 de jan de 2016

O bendito notebook, parte 2


Eu já contei nesse texto aqui toda a história do meu novo notebook e que achei que tinha resolvido o problema. Eu já estava conseguindo abrir meus programas de edição, mas depois de usar umas 2 ou 3 vezes os programas ficavam dando erro e não abriam mais. Por diversas eu tive que desinstalar e reinstalar o programas. Não achei nada razoável ter que ficar fazendo isso, mas não conseguia botar os danados para funcionar de maneira alguma. Cheguei a cogitar virar a hipster dos programas de edição e usar só programas alternativos, mas não fazia sentido ter um computador novo e não poder usar tudo que já vinha usando em um velho.

Comecei a analisar as opções: posso reverter para o win 7, restaurar o win 10, devolver o aparelho, chorar no pé do caboclo. Primeiro tentei a opção dada pelo próprio sistema operacional de reverter para o win 7. Iria perder algumas novidades do win 10, mas poderia de fato usar o computador como gostaria. Cliquei lá, ele começou a carregar e no final ele reiniciou e entrou no windows 10. Fiquei com cara de taxo, sem entender nada. Fui olhar nas configurações e percebi que a opção de reverter para o 7 havia sumido. Fiquei frustrada mas imaginei que isso aconteceu por que o note já veio originariamente com o 10 então não tem como reverter se ele nunca teve o 7. Só fiquei me perguntando por que o próprio sistema operacional havia me dado essa opção então.

Depois disso foi lançada um nova atualização pelo windows update que depois de instalada já deixou o sistema um pouco mais estável. Parecia que tudo estava funcionando e os erros pareciam estar bem menos constantes. Mas ainda não estava 100%, então, ainda  meio relutante de ter que instalar tudo de novo, eu restaurei o computador.

Uma foto publicada por Samy Teixeira (@asamsamysam) em

Eu pesquisei inúmeros sites na internet para melhorar o desempenho do win, deixar ele mais rápido, diminuir os travamentos, achei dicas para bugs que eu sequer havia notado que existiam até aquele momento. Tambem já tinha pedido ajuda para Deus e o mundo e dentre eles estava o meu namorado, que sempre perguntava: tem certeza que os drives estão todos atualizados? Eu sempre dizia que sim, por que era o que o próprio computador me dizia. O programa da Dell, da placa mãe, da placa de vídeo, TODOS diziam que os drives estavam atualizados. Foi aí que eu li em algum site que um usuário que estava tendo um problema semelhante ao meu disse que não confiava nesses programas do próprio computador e utilizava um programa extra que comparava com drive que estava no pc com o último drive lançado pela empresa de cada dispositivo no computador.

Depois que restaurei eu pensei: Não vou instalar nada até atualizar tudo. E foi o que eu fiz. Quando estava tudo aparentemente atualizado eu lembrei da dica do programa extra, baixei e instalei. Quando o programa terminou de escanear tudo e ele me deu a seguinte mensagem: EXISTEM 16 DRIVES DESATUALIZADOS NO SEU COMPUTADOR. D-E-Z-E-S-S-E-I-S!!! Baixei cada um deles e atualizei tudo. Instalei os programas e tcharan! Tudo funcionou normalmente.

Não vou dizer que agora o win 10 é a coisa mais linda do universo. Ele ainda trava bastante e as vezes dá um piripaque, mas nada que não seja rapidamente resolvido. 

Toda vez que eu escrevo um post sobre o notebook, um erro novo aparece. Agora ele fica aparecendo um tela azul e reiniciando sozinho. Por mais básica que seja a tarefa que esteja fazendo isso fica acontecendo de novo, de novo e de novo.

Depois dessa experiência eu não recomendo o win 10 para ninguém. Ele ainda está muito verde e nada estável, quem sabe mais para frente ele seja uma boa opção, mas por enquanto use a máxima que diz que em time que está ganhando não se mexe.


0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...