4 de mai de 2016

Cara, as vezes bate umas bads bizarras.

"Da série conversas da minha cabeça."



Cara, as vezes bate umas bads bizarras.

É algo que você sabe que não tem motivo real pra estar na bad, mas fica curtindo aquele sentimento. E aí no final do dia você começa a racionalizar a coisa. Você percebe que poderia ter tido um dia maravilhoso.

Mas não chore pelo dia derramado pequena Samy, amanhã é outro dia e você pode fazer tudo diferente. A menos que você morra hoje, mas se você morrer já não tem bad pra ser sentida. Ou já não tem sentimento para ser badiado.

Enfim, vamos torcer para não morrermos tão cedo e acreditar que o que for para ser seu, será. 

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...